Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais

Fiat 147

Cancelar oferta

Oferta para o veículo 147 1980

Cancelar compartilhamento
Fechar Vídeo

Fiat 147

  • Informações Gerais

    Marca: Fiat
    Modelo: 147
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 1980/1980
    Cor: Bege Dolomiti
    Portas: 2
    Quilometragem: 1.284
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 3627/1545/1350
    Ocupantes: 5
    Valor: R$ 60.000,00

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Gasolina
    Motor: 1.048 cm³
    Potência: 57 CV
    Velocidade Máxima: 138 Km/h
    Câmbio: Manual - 4 Velocidades
    Tração: Dianteira
    Aceleração 0-100km/h: 18,8 Segundos
    Freios: Disco Dianteiro e Tambor Traseiro
    Rodas: R13

  • Acessórios/Opcionais

    Sistema de Som: Rádio AM/FM Philips

  • Informações Extra

    País de Origem: Brasil

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

FIAT 147 1980/1980 na cor Bege Dolomiti. Veículo restaurado nos mínimos detalhes! Tudo feito do zero! Impecável! Foram gastos mais de R$ 60 mil na restauração!

MOTOR - Cilindrada: 1.048 cm³. Taxa de compressão: 7,4:1. Potência máxima bruta: 57 cv a 5.800 rpm. Torque máximo bruto: 7,8 m.kgf a 3.800 rpm.

O Fiat 147 foi o primeiro carro que deu início as atividades da Fiat no país em 1976. Ele também foi seu maior trunfo e mostrou que a gigante italiana não estava para brincadeira.

Com 3,63 metros de comprimento, o Fiat 147 era cerca de 40 centímetros menor que o Volkswagen Fusca, e pesava menos, cerca de 800 quilos.

O estepe do modelo era posto junto do cofre do motor, o que por sua vez liberava mais espaço no porta-malas, e facilitava a vida do motorista, caso em de uma viagem com o carro cheio, ele não precisaria descarregar o porta-malas, era somente abrir o capô e pegar o estepe.

Seus bancos traseiros, eram do tipo rebatíveis, o que facilitava o transporte de objetos maiores, como é usado atualmente por grande parte dos modelos vendidos. Outro ponto interessante na construção do Fiat 147, era que o vidro do para-brisas, era laminado, o que facilitava em caso de colisões frontais, o vidro não se estilhaçaria.

Lançado em 1979, o Fiat 147 a álcool foi o pioneiro por ser o primeiro carro a usar álcool num motor. O modelo esteve em testes durante três anos antes de ser lançado.

O motor era o 1.3 litro com 60 cavalos, o painel era o mesmo da versão Rallye e as rodas também vieram do modelo esportivo.

O modelo ganhava sua primeira reestilização em 1980, sua nova frente mais alta e quadrada, chamada pela Fiat de “Europa”, tinha o capô mais elevado, grade com leve inclinação para frente, e agora as luzes de direção vinham do lado dos faróis principais.

Mais uma renovação para o Fiat 147 era vista em 1983, tanto para o hatch quanto para a perua, a versão Spazio era uma versão de luxo.

Novos faróis, bem maiores do que eram usados no modelo Europa e na grade as cinco barras laterais que viriam a ser a nova identidade do logo da Fiat.

Ele saiu de linha em 1986, após 10 anos de produção e mais de 1 milhão de veículos produzidos, levando em conta suas derivações, e deixando um legado importante para seu sucessor, o Fiat Uno.

Outros veículos sugeridos: