Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais
Vendido

GM Caravan Ambulância 2.5

GM Caravan Ambulância 2.5

  • Informações Gerais

    Marca: GM
    Modelo: Caravan Ambulância 2.5
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 1988/1988
    Cor: Branco
    Portas: 2
    Quilometragem: 22.300
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 4630/1730/1390
    Ocupantes: 2

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Álcool
    Motor: 2.5
    Potência: 88 CV
    Velocidade Máxima: 169 Km/h
    Câmbio: Manual - 5 Velocidades
    Tração: Traseira
    Aceleração 0-100km/h: 13 Segundos
    Freios: Disco Dianteiro e Tambor Traseiro
    Rodas: R14

  • Acessórios/Opcionais

  • Informações Extra

    País de Origem: Brasil

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

Chevrolet Caravan Ambulância 1988/1988. Veículo nunca restaurado, Apenas 22.300KM. Possui manual do proprietário original, livreto de concessionários e porta manual original da Brasvel.
Tirada 0KM na Brasvel de Belo Horizonte. Pisca, lanternas traseiras CIBIÉ, tapetes originais, Rodas com data de fabricação. Sirene original GM (funcionando). Estepe sem uso. Pertencia a Infraero.

Motor 151pol³ (2.5 litros) de 88CV líquidos a 4400 rpm (98 cv brutos a 4800 rpm). Torque máximo líquido de 16,7 Kgfm a 2500 rpm

Em 1967, as duas peruas nacionais - DKW Vemaguete e Simca Jangada - saíram de linha. A Chevrolet produzia o utilitário Veraneio, mas o porte avantajado, o preço elevado e o motor 6 cilindros afastavam os compradores.
O mercado ficou órfão até 1970, quando foram lançados dois novos modelos: a perua VW Variant 1600 e a Ford Belina 1300.
No começo da década de 70 a General Motors já preparava alguns protótipos da perua Caravan.
A perua finalmente foi lançada como modelo 1975, mas apenas com 2 portas. Tudo bem que o brasileiro à época preferisse carros com 2 portas, com a alegação de que eram mais seguros (as crianças não teriam como abrir as portas com o carro em movimento... conversa fiada, pois o Gordini já oferecia um mecanismo de segurança que travava as portas traseiras). Para um carro com vocação familiar, o entra-e-sai de pessoas seria mais cômodo com 4 portas. Nem mesmo em 1984, quando a Volkswagen lançou a perua Quantum 4 portas (derivada do Santana), a Chevrolet se animou a produzir uma Caravan 4 portas. Essa tarefa coube a alguns transfomadores independentes, com resultados estéticos e funcionais excelente.

Outros veículos sugeridos: