Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais
Vendido

Honda CBX 750 F

Honda CBX 750 F

  • Informações Gerais

    Marca: Honda
    Modelo: CBX 750 F
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 1987/1987
    Cor: Branco
    Quilometragem: 86.900
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 2146

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Gasolina
    Motor: 747 cm³
    Potência: 82 CV
    Velocidade Máxima: 214 km/h
    Câmbio: Manual - 6 Velocidades
    Tração: Traseira
    Aceleração 0-100km/h: 5,5 Segundos
    Freios: Disco nas 2 Rodas

  • Acessórios/Opcionais

  • Informações Extra

    País de Origem: Brasil

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

Honda CBX 750F 1987/1987
Motor 747 cm³ com 4 carburadores de 34 mm 82 cv a 9.500 rpm e torque de 6,5 kgfm a 8.000 rpm
No Salão de Paris de 1983 a Honda comprovava sua intenção de prosseguir na herança da CB 750, apresentando a moderna CBX 750 F.
A nova moto representava notável evolução em todos os campos, a começar pelo estilo. A carenagem superior, com pára-brisa e dois faróis quadrados (substituídos por um único retangular em alguns mercados), ligava-se de forma fluida ao tanque, este às laterais e elas à rabeta, sugerindo harmonia e aerodinâmica. Um spoiler na parte inferior do motor completava o conjunto. As rodas estilo Comstar de alumínio e os escapamentos vinham em preto-fosco, assim como parte do motor e este estava claramente exposto, o que se justificava por sua beleza. O motor de terceira geração, agora de 747 cm³, adotava duplo comando (acionado por uma corrente isenta de manutenção) e quatro válvulas por cilindro. O cuidado com as dimensões permanecia, como no alternador montado atrás do motor e não na extremidade do virabrequim, onde aumentaria a largura do conjunto. As bielas utilizavam liga leve com vanádio e as válvulas dispensavam regulagem de folga, devido aos tuchos hidráulicos.
O imponente motor 4 cilindros e 82 cv, que levava a moto de 0 a 100km/h em 5,5 segundos e chegar a máxima de 214km/h, isso em uma época em que o limite de velocidade das estradas era de 80km/h, e os fracos esportivos tinham motores 1.6 e mal alcançavam 170km/h.
Em dezembro de 1994 a CBX deixava o mercado, com um total de 11.312 unidades vendidas, incluindo as 700 montadas com peças importadas. Seus admiradores, porém, nunca esquecerão o ronco incomparável do quatro em linha, herança da pioneira CB 750 de 1969.

Honda CBX 750F (1).JPG

Outros veículos sugeridos: