Pastore Car Collection

ver filtros
Categorias
Fabricante
Ano
Opcionais
Vendido

GM Opala Coupé

GM Opala Coupé

  • Informações Gerais

    Marca: GM
    Modelo: Opala Coupé
    Ano Fabricação/Ano Modelo: 1979/1979
    Cor: Bege Itapema
    Portas: 2
    Quilometragem: 23.900
    Dimensões - Comp./Largura/Altura (mm): 4671/1758/1359
    Ocupantes: 5

  • Mecânica e Segurança

    Combustível: Gasolina
    Motor: 2.5
    Potência: 89 CV
    Velocidade Máxima: 156 Km/h
    Câmbio: Manual - 3 Velocidades
    Tração: Traseira
    Aceleração 0-100km/h: 17,7 Segundos
    Freios: Disco Dianteiro e Tambor Traseiro
    Rodas: R14

  • Acessórios/Opcionais

  • Informações Extra

    País de Origem: Brasil

ATENÇÃO! Devido a grande rotatividade em nosso estoque, se faz necessário a consulta diretamente em nossa loja para certificar de que o veículo ainda se encontra sob nossos cuidados. O valor do anúncio deve ser confirmado, pois o mesmo pode ter sido ajustado em nossa loja e ainda não ter sido modificado neste site. Obrigado pela compreensão. Pastore Car Collection.

Observações

Chevrolet Opala Coupé 1979/1979 na cor Bege Itapema. Veículo Impecável. Interior intacto, monocromático. Câmbio de 3 Velocidades na Coluna de Direção.

Motor 151-S 2.5 litros (2.474cm³) com 89 CV a 4500rpm e 18Kgfm de torque a 2800rpm.
No final do ano de 1977, o Opala recebe novas modificações, como novas calotas, novas faixas (filetes laterais), nova grade de radiador, novo volante, novos bancos, a chave da ignição passou a ser na coluna de direção além de um belo acabamento interior vinho (chateau), além dos monocromáticos preto e marrom.
Em 1979 surgiu o novo sistema de carburação, com corpo duplo e duplo estágio, novo tanque de combustível com capacidade para 65 litros e freio de mão entre os bancos dianteiros, mais práticos Neste ano a GM lançava o Opala à álcool, na qual o o motor 250-S passava para 171cv brustos. Este foi o último Opala de faróis redondos, que teve poucos acabamentos e detalhes. No mesmo ano, apesar da carroceria continuar a mesma, o carro foi todo reestilizado, se tornando “quadrado”, capo, pára-lamas e tampa de mala, exceto teto e lateral que em nenhum ano foi alterada, com exceção a ponta da lateral traseira. Nesse ano ainda seria lançado o Diplomata, versão Top de linha, que vinha com bancos e laterais revestidas em "cashmere" e console revestido em vinil Em dezembro de 1979 o novo Opala já era comercializado, com nova grade, pára-choques, frisos emborrachados, retrovisores, emblemas, faróis e sinaleiras traseiras retangulares, para muitos o opala perdeu um pouco do seu charme.

Outros veículos sugeridos: